segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Aconteceu: Festival de entradas da Bíblia

Era um dia de festa. Um dia para celebrar a palavra que nos foi dada e que buscamos manter presente no nosso dia a dia.

Os crismandos foram convocados a participar dessa linda festa e compartilhar a palavra através da procissão.

Demos início com a nossa turma de adultos( Matriz - Vilma/ Julvanete), ao som da tradicional " Ergo bem alto essa Bíblia", num lindo tom azul e branco, emocionou as catequistas com a entrega e a todos por sua participação: Palavra de esperança.

Foram seguidos pelos meninos da Tia Marlene e do tio Manolo, caracterizando sua apresentação na interpretação da palavra: aquela que liberta.

Os jovens do Sagrado Coração chegaram a não acreditar que poderiam participar, duvidaram de si mesmos e se surpreenderam, com verde na cor, alegria na alma e cantando suavemente a música que entoavam: Palavra que surpreende.

Quando todas as músicas eram calmas, a comunidade Nossa Senhora da Paz alegrou o ambiente com uma batida diferente, um som mais animado: Palavra que anima

Essa palavra nos convida a pensar qual caminho seguir, muitas são as tentações, os desvios, mas se abrirmos o coração a palavra se faz mais forte, mensagem entoada e encenada pelos crismandos da Aparecida da Conceiçãozinha: Palavra que é caminho.

Com poesia ensinar nossa fé foi a proposta da comunidade São José, cantando e coreografando com muita concentração: Palavra que profetiza.

São João e Aparecida( Oswaldo Cruz) fizeram um misto de cor e música, de dança e de respeito: Palavra que dá cor.

Santo Antonio e Bom Jesus uniram o branco com o azul e passaram flutuando com a palavra nas mãos: Palavra que alimenta o coração.

Cercados por estrelas, simplicidade na música e duas lindas crianças roubando a cena, a Comunidade Santo Amaro fez sua apresentação: Palavra com as crianças.

Dentre todas as pessoas que carregavam a Bíblia nas mãos, a representante da São Judas era a mais sorridente, concentrou-se na alegria da responsabilidade que lhe foi dada, cantou a música que tocava, dançando sem medo da experiência, sendo o ponto central da apresentação do grupo: Palavra que exige responsabilidade e alegria.

Falando em criatividade na dança e sintonia na coreografia a Comunidade São Paulo fez uma bela apresentação: Palavra que é luz.

O grupo escolhido para receber a chama da catequese veio da Matriz( Vânia e Zuleide) somou teatro e dança com a tradicional procissão que conhecemos, a Bíblia veio pelo alto e encantou: palavra que eleva.

Escolhida pelos presentes, revolucionária, inteligente, com duas músicas e instigando quem assiste, a Comunidade Sagrada Família participará da Festa de Nossa Senhora das Graças: Palavra que precisa ser ouvida, que questiona, que muda.


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário